Top 5 da Semana

Postagem Relacionada

Como plantar vagem

Este legume é delicioso quando feito refogado ou como salada. E além disso, é celebridade durante as refeições pois sua cor verdinha, que chama a fome pra perto. Confira neste artigo como plantar vagem passo a passo e descubra seus muitos benefícios.

Origem

Em primeiro lugar, saiba que a vagem é o fruto verde do feijão comum! Isso mesmo! É dela que vem o feijão nosso de cada dia! Ela é originária da América do Sul como também em regiões do Paraguai. Nesses países, tem a produção de vagem por hectare.

Primeiramente, essa herbácea se espalhou pelo mundo e  o primeiro lugar em produção mundial é a China. Antes de mais nada, é preciso saber que existem variedades de vagem:

  • Argus
  • Andra
  • Brasília
  • Cilíndrica e Mimoso
  • Chata e Maravilha

Esta leguminosa pertence a família fabaceae (leguminosae) e são consumidas cozidas de várias formas como também em conserva.

Características

Este legume é monocárpico, que se abre por meio de duas fendas longitudinais. Quando madura, se abre pela nervura principal e dentro dela estão suas sementes.

Plantio da vagem

A vagem se adaptada de climas quentes à mais temperados com temperatura de 20º a 25º graus por exemplo. Não gosta de clima frio ou geadas. Para produzir bem, o terreno não pode ser argiloso. E além disso, o terreno precisa ser profundo e rico em matéria orgânica, bem drenado e com acidez equilibrada.

Como plantar em vasos ou horta

A vagem pode ser cultivada em sementeiras ou vasos com furos no fundo. Posteriormente, precisa de luminosidade por algumas horas do dia.

Encha o recipiente com terra rica em matéria orgânica e assim que o vaso estiver cheio, faça uma cova e lance 4 sementes aproximadamente. Cubra com a terra e umedeça com água. Quando os brotinhos tiverem 4 folhas ou bem firmes, transplante para o solo definitivo.

Vagem na horta

Esta herbácea tem uma ligação ou associação simbiótica com bactérias chamada de rhizobium ou rizóbios. Elas são capazes de fixar o nitrogênio do ar no solo como também a amônia, provendo assim o nitrogênio necessário para o legume e além disso, enriquece o solo.

Com o terreno já preparado com muito material orgânico e bem umedecido, faça covas de 2,5 cm de profundidade e semeie de 3 a 4 sementes. O espaçamento deve de 50 cm entre plantas e por conseguinte, 1 metro entre linhas.

E como plantar vagem de metro? São as espécies trepadeiras que por consequência, neste caso, vão precisar de varas de bambu ou estacas de 2 metros de altura, por exemplo.

E afinal, qual a melhor época para plantar vagem? Nas regiões mais quentes do país a produção ou cultivo de feijão vagem deve ser feito entre o mês de abril e junho. Já na regiões mais frias, o plantio deve ser de agosto à março.

Quanto tempo demora para colher a vagem?

Após o plantio e germinação, demora 70 a 90 dias para a vagem estar certamente pronta para a colheita.

Benefícios da vagem

A vagem tem vitaminas e minerais que turbinam nossa dieta e além disso, trazem saúde e previne diversas doenças.

Sistema imunológico forte

Por conter antioxidantes como a vitamina A, a vagem fortalece o sistema imunológico contra várias doenças principalmente e resfriados.

Controle da diabetes

A herbácea possui substância que equilibram as taxas de glicose, que por consequência, previne ou ameniza a diabete.

Prevenção do câncer

A vagem possui antioxidantes que combatem os radicais livres que previnem vários tipos de câncer como por exemplo, o câncer de cólon.

Saúde para o sistema cardíaco

A planta tem flavonoides que previnem doenças do coração, a saber, palpitações irregulares ou ataques cardíacos.

Bom para as grávidas

A planta tem alto teor de ácido fólico, substância certamente essencial para a formação do tubo neural do feto durante gestação.

Boa visão

Os carotenoides presentes na vagem, contribui para saúde dos olhos e além disso, previne a degeneração do músculo ocular.

Alívio da constipação

O consumo regular de vagem favorece o bom funcionamento do intestino pois suas fibras evitam a constipação.

Ossos saudáveis

Este legume tem os minerais magnésio e silício que ajudam a fortificar os ossos. E principalmente o cálcio para fortalecer os dentes. Além disso, tem a vitamina K que auxilia na absorção do cálcio.

Ação anti-inflamatória

Este legume possui o antioxidante carotenoide com também, os flavonoides que ajudam a curar inflamações e feridas.

Ferro para o corpo

O ferro é importantíssimo para o nosso organismo e esta verdura previne ou combate a anemia. E além disso, acaba com a fadiga.

Ajuda a emagrecer

Uma boa porção de 100 gramas desta saladinha maravilhosa tem somente 35 calorias. Assim sendo, ela contribui para o emagrecimento saudável.

Melhora o humor

O ácido fólico, já citado anteriormente produz as substâncias dopamina, serotonina, noradopamina e por fim, hormônios. Esse pelotão do bem age no organismo melhorando o humor e por consequência, tornando a vida mais feliz.

Pragas que prejudicam a vagem

Quando o legume é gostoso, as pragas são as primeiras a se servirem sem cerimônia nenhuma! Principalmente, quando a plantação não tem cuidados preventivos. Mas, nem tudo está perdido. Conheça algumas dessas pragas e como eliminá-las:

Lagarta das vagens

Elas se alimentam das vagens, penetrando em seu interior e posteriormente, comem as sementes. Este problema só se resolve com pulverização de substância apropriada para esse fim.

Lagarta elasmo

A lagarta elasmo ou broca do colo, prejudicam o crescimento da planta murchando e provocando posteriormente, a morte da planta. É o conhecido efeito “coração morto”. A lagarta é eliminada com pulverização de inseticida.

Lagarta rosca

Esta praga vive enterrada no solo. Por conseguinte, ela sai a noite para cortar as plântulas rentes ao terreno. Em vagens mais desenvolvidas por exemplo, além de provocar o efeito coração morto, ela forma galerias com também, gerando touceiras. Para acabar com a lagarta rosca, será necessário colocar iscas feitas de farelo, melaço e inseticida sem cheiro.

Vaquinhas

Esta praga tem um nome bonitinho mas também, só o nome. Ela se alimenta da folhas tenras da planta e além disso, se alimenta também do ponteiro da vagem em grandes infestações. A eliminação da praga ocorre somente através de pulverização de inseticida específico.

Quando não consumir vagem

Até hoje, não foi descoberta nenhuma contra-indicação para o consumo ou utilização da vagem.

 

 

 

 

 

 

Raquel Martins
Raquel Martins
Raquel encontrou sua paixão nos campos e vive para cultivar um mundo mais verde e sustentável. Com um amor profundo pela natureza desde tenra idade, ela seguiu seu coração e mergulhou no universo da agricultura. Nascida em uma pequena comunidade rural, Raquel absorveu os ensinamentos sobre plantio, colheita e respeito pela terra desde cedo. Sua jornada na agricultura começou como um fascínio infantil que se transformou em uma carreira e uma missão de vida. Após anos de estudo e prática, Raquel se tornou uma defensora apaixonada da agricultura sustentável. Ela acredita firmemente na importância de técnicas que preservem os recursos naturais, promovam a biodiversidade e ofereçam alimentos saudáveis para todos. Raquel também é conhecida por compartilhar seu conhecimento, ministrando workshops e palestras sobre práticas agrícolas ecologicamente corretas. Sua dedicação incansável à agricultura responsável a tornou uma referência na comunidade, inspirando outros a seguirem um caminho semelhante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos Populares