Top 5 da Semana

Postagem Relacionada

Como Plantar Samambaia

Antes de mais nada, no reino vegetal, ela certamente representa uma Rapunzel.  Vai soltando suas tranças para delírio de quem ama e sabe como cultivar, como cuidar, como semear esta planta que enfeita muitos ambientes. Passam-se décadas e décadas e ela não perde sua majestade. Neste artigo você vai conhecer todas as curiosidades sobre essa planta ornamental.

Vai saber como plantar mudas de samambaia com folhas, galhos,estacas ou estaquias, semente água. Como plantar samambaia no chão do quintal, em vaso de cimento, em horta, em jardim, copo de vidro, garrafa pet, plantar em árvores, terrário, casa, apartamento. Antes de tudo, aperte os cintos! Vai ser data a largada para conhecer tudo sobre a samambaia!

Origem

Essa sim é uma planta “não antiga”, pelo contrário, é jurássica. Isso porque por pesquisa como também dedução científica, acredita-se que existe em nosso querido planeta Terra, há mais de 360 milhões de anos.

A samambaia tem inúmeros tipos, espécies, em várias regiões do mundo. Aliás, existem mais de 200 exemplares de samambaia mundo afora.

Características

Primeiramente, para falar sobre o que é a samambaia, podemos começar explicando o que significa seu nome na língua indígena Tupi Guarani = sama-mbae = o que torce.

Elas são plantas vasculares que surpreendentemente não produzem sementes, pelo contrário, sua reprodução acontece através de esporos, dando origem a um prolato que produz gametas, dando origem a uma nova planta.

A samambaia produz caules que normalmente tem rizomas. É pertencente a família das pteridófitas e possuem tecidos vasculares, como por exemplo floema e xilema e se reproduzem através de esporos e não produzem sementes ou flores.

Suas folhas são conhecidas como frondes, e suas folhas às vezes são compostas ou recompostas. Também podem ter forma de língua e na sua parte inferior, podem possuir soros, onde estão os esporos.

Por não produzirem sementes ou flores, não tem como fazer polinização,  nem como fazer florir e muito menos a época do ano que floresce para obter um exemplar dela.

A princípio, saiba que propagação de qualquer samambaia só acontece como se fosse estaquia, retirando consequentemente, o broto de uma planta adulta.  Confira o nome de algumas samambaias:

Árvore samambaia

Também conhecida com samambaia-açú que significa na língua indígena “samambaia muito grande”, é uma espécie em extinção tendo somente 800 espécies no mundo. Tem formato de tronco e tem uma massa de rizomas em seu caule que cresce certamente em sentido vertical. Ela pode chegar surpreendentemente ate 9 metros.

Seus rizomas sempre crescem acima do chão e servem para sua sustentação. Está mais presente em Havana, Índia ocidental e na Austrália. Ela é nativa aqui do Brasil. Era desta “samambaia gigante” que era extraído o xaxim, por isso, o motivo da sua quase extinção. Hoje em dia, com toda a certeza,  ela é protegida por lei ambiental.

Samambaia de canela

Primeirante, a samambaia de canela,  cresce em aglomerações e chegam até 1,50 metros. Ela tem nome de samambaia devido a sua cor, parecida com a canela que está principalmente evidente nas folhas como também nas espigas.

Ela vem das Américas e serve de abrigo para muitas espécies de animais tais como pássaros e esquilos. Suas espigas também servem de alimentos para veados que fazem uso dela.

Samambaia japonesa

Esta planta tem cores verde com nuances em prateado suave como também tonalidades de vermelho escuro e ademais variações.

A samambaia japonesa chega aos máximos 60 cm de altura e estão em maior número na América do Norte, salvo no deserto onde não consegue se desenvolver. É colorida e fica ainda mais evidente quando recebe sou de manhã e no crepúsculo.

Samambaia chifre de veado

Planta epífita, a samambaia chifre de veado não necessita de solo para se desenvolver. Isso porque é da qualidade aérea, cresce em árvores fixadas no tronco. Geralmente são encontradas em ambientes florestais.

Salvínia

Geralmente encontrada na América do sul e central, a salvínia não tem raízes! Ela é usada como planta ornamental para enfeitar aquários e fontes em jardins ao ar livre.

Ela serve como habitat para vários tipos de animais marinhos. Tem folhas em formato oval ou redondas com aproximadamente 2 cm, são peludas, com caule finos e na cor verde claro.

Asplênio

Variedade que cresce de 40 a 50 cm, tem suas folhas divididas. São brilhantes e crescem em forma de roseta. Originalmente é uma samambaia de xaxim e quando suas folhas crescem, deixam um buraco ou ninho, quando cultivada no xaxim.

Polypodium

Também conhecida como centopeia, esta planta é encontrada em florestas da América do Sul, Austrália, Índia como também na nova Zelândia. Seu rizoma é ramificado porém espesso de ondem saem fileiras.

Não tem talo. Isso porque seu sistema metabólico atua no pescoço da raiz e nas pernas das folhas. Sua folhas chegam até 1 metro de comprimento com 25 cm de altura.

Nephrolepis ou samambaia americana

Sua origem vem da África, Américas e Índia. São herbáceas, com rizomas e folhas longas que tem folíolos lisos como também retilíneos. Sua cor é verde clara e suas folhas novas são semi eretas enquanto que as mais velhas se prostram, ficando pendentes. Forma-se em touceiras, geralmente belas e volumosas. É a mais comum que existe no comércio.

Samambaia de metro ou samambaia chorona

É nativa do Brasil e sua folhas variam de 0,50 cm até 2,50 metros de comprimento, enquanto que sua largura varia de 6 a 15 cm. Seus folíolos inseridos de forma alternada na nervura central, tem bordas lisas com algumas irregularidades. A planta-mãe certamente concentra-se na parte central da planta enquanto que os brotos estão espalhados ao seu redor.

Samambaia renda portuguesa

Originária das Ilhas Fiji, na Oceania e também da Austrália. Suas folhas apresentam pecíolo que parecem desenhos  barrocos de azulejos. Sua cor é verde clara e sub-dividida em samambaia renda portuguesa robusta e plumosa.

Sua aparência é bastante delicada, possuindo longos rizomas pilosos de cor marrom escuros de onde posteriormente,  nascem suas folhas compostas.

Plantio da samambaia

Antes de mais nada, é preciso ter uma raiz de samambaia mas onde comprar sementes ou mudas de samambaia pela internet ou loja física… Não se preocupe! Como é uma planta extremamente fácil de se achar, em qualquer viveiro de plantas, loja de jardinagem você encontra. Claro, também pode ser pela internet.

Só lembrando que, a samambaia não produz sementes e muito menos flores! A temperatura ideal para a samambaia viver varia entre 15 C e 21 C.

Em temperaturas frias, o ideal é deixá-la em um ambiente fechado porém com um pouco de ventilação. Ela não suporta exposição direta do sol sendo necessário, deixar a planta em meia sombra.

Substrato de samambaia caseiro

  • Mistura feita de terra vegetal, húmus de minhoca, fibra de coco com esfagno
  • Mistura com fertilizante mineral em pó misturado em água, carvão triturado, fibra de coco ou casca de pinus, casca de banana triturada com casca de ovo, fertilizante líquido, adubo 10-10, húmus de minhoca e terra simples.

Cultivo da samambaia

Mudas de samambaia por estaquia

Em resumo, a samambaia é uma planta bem peculiar. Isso porque as mudas não tem um tratamento como as demais. Por não ter sementes, são utilizadas as mudinhas que nascem e começam a brotar ao redor da planta adulta que fica na parte central.

Basta somente cortar o talo da planta-mãe que está unida a muda e puxar com certos cuidados para raiz sair junto com o broto que foi desprendido.

  • Pegue um vaso de 15 litros com furos no fundo para drenagem
  • O substrato pode ser o descrito anteriormente ou prepare uma mistura de terra simples com esterco curtido, fibra de coco moída
  • Logo após,misture muito bem esse substrato e coloque uma camada no vaso
  • Em seguida, acomode a samambaia e complete com o substrato
  • Coloque de tal forma que fique bem firme de modo que as folhas não fiquem soltas

Plantando com garrafa pet

  • A princípio, pegue uma garrafa pet de 2 litros
  • Faça o desenho de um retângulo grande no meio da garrafa, um de cada lado e corte a fim de  deixar duas aberturas para as folhas ficarem pendentes
  • Em seguida, pegue a tampinha da garrafa e faça um furo e neste buraco você vai passar um fio, barbante como também arame se preferir e posteriormente faça um nó embaixo da altura da tampa e feche a garrafa com ela.
  • Consequentemente agora, fure o fundo da garrafa para drenagem
  • Logo depois, adicione uma camada de substrato e coloque a muda de samambaia
  • Na sequência, complete com mais substrato e pressione com os dedos para ficar firme
  • Regue a ponto de somente umedecer e pendure sua planta a meia sombra no local que preferir

Em xaxim

O xaxim infelizmente já não existe tanto como antes. Tanto que se tornou proibido utilizar xaxim verdadeiro para plantar samambaias. O xaxim era extraído da então planta Dicksonia sellowiana. Um arbusto semilenhoso e ereto.

Para conseguir extrair um xaxim dessa samambaia, são necessários 50 anos para ela se desenvolver até chegar ao ponto de extração. Hoje em dia, são usados xaxins de palmeira que são feitos de fibras de palmeira e seiva de árvores

  • Pegue uma bacia de plástico para fazer o substrato (você também pode experimentar as dicas descritas anteriormente se preferir)
  • Pegue fibra de coco ou casca de pinus triturada e uma colher de carvão moído e misture bem
  • Separe as estacas juntamente com as raízes da planta mãe e divida nos tamanhos que preferir
  • Em seguida, adicione uma porção do substrato no xaxim de palmeira
  • Logo depois acomode sua planta e na sequência
  • Acrescente o restante do substrato, pressionando com os dedos para a planta ficar firme
  • Por fim, molhe com água somente umedecendo o substrato

Em apartamento

Para plantar samambaia em apartamento, é bem simples. Veja à seguir:

  • Compre um vaso de 15 litros ou um xaxim de palmeira
  • Adicione uma camada de substrato no vaso
  • Em seguida, acomode sua estaca ou brotinho como preferir chamar, que foi retirada de uma samambaia adulta
  • Logo depois, complete com mais substrato, sempre pressionando com os dedos para firmar a muda
  • Irrigue com água somente para umedecer o substrato

Em árvore

Na verdade você não vai plantar em árvore e sim em um tronco de árvore. Confira agora como fazer:

  • Pegue o pedaço de tronco e abra um buraco grande, retangular, que pode ser feito com uma boa serrinha elétrica como também machado. Use um formão para desbastar e retirar a polpa do caule
  • Pegue sua samambaia já adulta e retire o torrão do vaso onde estava plantada
  • Retire o excesso do torrão utilizando uma faca, pazinha pequena ou outro utensílio de forma que se acomode bem dentro da estrutura do tronco
  • Em seguida, coloque uma porção boa de substrato e uma camada de torta de mamona
  • Acomode sua samambaia no buraco do tronco e complete com substrato
  • Logo depois, irrigue a ponto de somente umedecer a samambaia

Transplante

Veja agora como replantar, transplantar, mudar de lugar a sua samambaia com segurança para outro recipiente e ademais terrenos:

  • Faça esse processo que é de maneira idêntica a plantar com mudas
  • Pegue sua samambaia já adulta e puxe o torrão. Se necessário, utilize um utensílio para desprendê-lo do vaso nas laterais, sai super fácil. Pegue um recipiente, de preferência vaso com furos no fundo para drenagem
  • Adicione uma camada de substrato, coloque a samambaia e cubra com substrato sempre apertando com os dedos até a borda para as folhas ficarem firme sem pender para os lados.
  • Irrigue com água somente a ponto de umedecer o substrato

Cuide da sua samambaia

  • Ela precisa ser colocada em local com ventilação moderada e bem iluminado, nunca deixe diretamente no sol
  • Sabe como regar? Regue 2 x por semana somente para hidratar o substrato sem encharcar. Um dica para saber se o subtrato está seco e precisando de água, mergulhe seu dedo nele, se sair úmido não precisa de água.
  • Borrife água nas folhas para manter a umidade da samambaia
  • De preferência prefira adubos foliares. Coloque ele dentro do borrifador e regue sua planta normalmente.
  • Você pode colocá-las para ornamento em pedestais, em cima de prateleiras, na varanda ou em alguma estante na sala, deixando sempre perto da janela, longe da exposição direta ao sol
  • Se acaso você for viajar, a dica é colocar cubos de gelo no pratinho da samambaia. Ele vai derreter aos poucos, mantendo a umidade da planta

Manter sua samambaia saudável

Outra dica super importante é sempre podar sua planta. Mas como podar a samambaia? Veja logo abaixo:

  • Com uma tesoura esterilizada, sempre corte os galhos secos a começar pela base
  • Pode também folhas quebras, machucadas como também amareladas. Não precisa cortar ela inteira, somente a parte afetada antes que ela fique com mais manchas em sua estrutura.

Lua para ajudar a crescer

A lua ajuda e muito tanto no crescimento como no desenvolvimento saudável da sua planta. Por isso, a melhor lua para plantar a samambaia é o período da lua cheia.

Pragas na samambaia

A princípio, a samambaia às vezes sofre com alguns “hóspedes indesejados” para a devorarem. Confira os tipos de pragas que atacam essa planta bem como acabar com as pragas:

Cochonilha

Este inseto suga a seiva da planta, consequentemente, enfraquecendo seu processo de crescimento. Para eliminar, aplique calda bordalesa direto no vaso e não nas folhas para que não fiquem consequentemente manchadas.

Lagartas

Com toda a certeza, elas vivem embaixo da terra e atacam a samambaia à noite consequentemente, comem as folhas da sua samambaia. A dica é usar inseticida específico para samambaias. A aplicação do inseticida se caso é mensalmente, se necessário. Faça a aplicação apenas borrifando sua planta.

Pulgões

Os pulgões também são insetos que comem as folhas da samambaia. Para eliminar esta praga, com toda a certeza, será preciso acrescentar inseticida para samambaias. A princípio, aplique o inseticida mensalmente, de acordo com sua necessidade.

 

Raquel Martins
Raquel Martins
Raquel encontrou sua paixão nos campos e vive para cultivar um mundo mais verde e sustentável. Com um amor profundo pela natureza desde tenra idade, ela seguiu seu coração e mergulhou no universo da agricultura. Nascida em uma pequena comunidade rural, Raquel absorveu os ensinamentos sobre plantio, colheita e respeito pela terra desde cedo. Sua jornada na agricultura começou como um fascínio infantil que se transformou em uma carreira e uma missão de vida. Após anos de estudo e prática, Raquel se tornou uma defensora apaixonada da agricultura sustentável. Ela acredita firmemente na importância de técnicas que preservem os recursos naturais, promovam a biodiversidade e ofereçam alimentos saudáveis para todos. Raquel também é conhecida por compartilhar seu conhecimento, ministrando workshops e palestras sobre práticas agrícolas ecologicamente corretas. Sua dedicação incansável à agricultura responsável a tornou uma referência na comunidade, inspirando outros a seguirem um caminho semelhante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos Populares