Top 5 da Semana

Postagem Relacionada

Como plantar Quiabo em casa? passo a passo completo

Como plantar quiabo aprenda nesse passo a passo como Plantar o quiabo em casa.

Eu ainda estou pra ver um legume tão amargo como o tal do quiabo. Mas como gosto não se discute, somente se saboreia. E como é o plantio do quiabo?  Vamos saber agora.

Esse legume também é conhecido como Gombô e  tem origem Africana.  Essa vagem quando cortada ou aquecida, solta um mucilagem que é a sua principal característica :  o que é essa “gosma ou baba” que sai dele? Uns gostam, outros não e isso é o que o torna diferente dos outros legumes.

O clima e o solo

VAMOS DEGUSTAR UM QUIABO

O quiabo gosta de clima tropical, ele precisa de luminosidade direta do sol por algumas horas por dia. Ele se desenvolve bem em lugares ensolarados e quentes.

O solo deve ser fértil, bem drenável e rico em matéria orgânica e a acidez do solo deve ter o equilíbrio exato para seu plantio.

Plantio com sementes

Após o preparo do solo, Faça covas com 1,3 cm de profundidade e espaçamento de 10 cm entre elas. As sementes plantadas diretamente na terra demoram aproximadamente 3 semanas para germinar.

Plantio com mudas

Deixe as sementes de molho em água para acelerar a geminação. Coloque em copos de plásticos ou saquinhos e até atingir de 10 à 15 cm. Dessa forma, ela demora somente 1 semana para geminar.

Na sequência você já pode transplantar suas mudas de quiabo no local definitivo; fique atento a profundidade da cova feita para não correr o risco de quebrar as raízes.

Como plantar em vaso ou horta? Você segue o mesmo procedimento para plantar sementes e mudas descrito acima.

Uma ótima dica para evitar as ervas daninhas é cobrir a área em volta das mudas com matéria orgânica e palha de pinheiro, isso vai evitar que o mato brote novamente.

Adubação

Para a plantação de quiabo, a adubação deve ser feita pelo menos 3 vezes do plantio a colheita: 1 vez após o desbaste das mudas, outra quando os primeiro quiabos começarem a crescer e depois no meio da estação de crescimento.

Irrigação

O quiabo deve ser irrigado toda manhã, regue-o até umedecer. O quiabeiro suporta bem tempos de seca mas o desenvolvimento dele e muito melhor tendo bastante água à sua disposição.

Tente não molhar as folhas, pois com a exposição ao sol, elas podem queimar.

Colheita

A colheita do quiabo pode acontecer de de 60 à 80 dias após o plantio. O quiabo deve ser colhido ainda tenro, 6 ou 7 dias depois da polinização e início da formação do fruto, quando estão brilhantes pois se colhidos quando maduros, pode ficar fibroso.

Colha os quiabos  quando estiveram de 5 a 8 cm de altura. Faça isso dia sim e dia não, para eles crescerem rapidamente.

Vista luvas durante a colheita, pois seus espinhos irritam a pele.

 

FLOR DE QUIABO DESTACADA NA PLANTAÇÃO

Poda

Faça o corte sempre acima de seus limites, onde os talos encontram os ramos da planta, esse procedimento garante quiabo para todo o verão!

Pragas

Oídio

Provocam manchas, murchamento e podridão nas folhas

Cercosporiose

Causa manchas arredondadas, escura e com bordas vermelhas

Murcha (fungo)

Aparece em reboleiras. Causa murcha e amarelamento da planta. Em casos avançados, desfolhamento e morte da planta.

Damping off diseases (fungo)

Começa a agir em sementes antes da geminação e causa o apodrecimento das mesmas. Provoca escurecimento da e dessecação do caule a nível do solo. Causa deformação e morte da planta.

Mancha angular

Causa manchas amarelas podendo romper o tecido da folha. Em intensa infestação, alcança os frutos, deixando manchas escuras

Mosaico (vírus)

As folhas ficam desbotadas, enrugadas e os frutos deformados.

Nematóides das galhas

Causam murcha na planta, amarelamento das folhas e redução do crescimento.

Tipos de quiabo

A variedade de tipos de quiabo até que é grande, confira:

Santa Cruz 47

São de porte médio. Os frutos são longos, lisos e de cor verde brilhante.

 Amarelinho

Tem o porte de crescimento alto. Seus frutos possuem a conservação pós-colheita melhor do que as outras qualidade de quiabo. Seu fruto é de coloração verde-amarelada.

Chifre-de-viado

A planta é de porte médio à alto. Coloração verde e frutos lisos e compridos; relatam que tem resistência as pragas que disseminam a murcha no quiabeiro.

Alecrim

Tem porte médio, é vigoroso e tem boa produtividade; seu fruto é de coloração verde-clara, é esguio e arredondado.

 Veludo verde

Foi desenvolvida nos Estados Unidos. Possui porte médio, frutos uniformes, curtos, grossos e com coloração verde forte. Tem boa produtividade e resistência ao transporte.

Veludo branco

Tem porte médio. Seus frutos são longos e finos, sua coloração é verde claro e branco.

Quiabo-de-metro

É uma planta trepadeira. É consumida em larga escala no continente asiático mas aqui em nosso país, seu cultivo é recente. Ele é fino e retorcido e pode chegar em até 2 metros de comprimento! Apesdar de ser conhecido como quiabo-de-metro, ele não tem nada à ver com o quiabo tradicional.

Quiabo na cozinha

Para diminuir a quantidade de mucilagem (baba ou gosma) do quiabo, as vagens podem ser fritas inteiras rapidamente, ou cozidas com adição de suco de limão, vinagre ou tomates. Sua ele age como espessante natural quando utilizado em caldos ou sopas. Suas folhas e cálices da flores também são consumidos, geralmente cozidos. Uau! se aproveita quase tudo do quiabo!

Uma das receitas mais conhecidas é o frango com quiabo e o baiano caruru (camarão com quiabo). Além de servir como acompanhamento em carnes, os frutos do quiabo também podem ser fritos ou assados. Das sementes pode ser extraído o óleo para consumo.

Benefícios do quiabo

O quiabo tem vitaminas A,C, B, K, ácido fólico, pirodoxina, ácido pantotênico, niacina, riboflaxina, zeaxantina, luteína, betacaroteno, magnésio, zinco, potássio, ferro, cobre, manganês, fósforo, selênio e cálcio. Veja os benefícios desse legume “amargo” mas muito bom:
  1. Melhora a saúde da pele e do cabelo
  2. protege os olhos
  3. Ajuda a emagrecer
  4. Controla a diabete
  5. Combate doenças cardiovasculares
  6. Previne o câncer
  7. Fortalece os ossos
  8. Faz bem para a gravidez
  9. Melhora a digestão

A cultura afro do quiabo

O quiabo veio para o Brasil, trazidos pelos escravos africanos e esse legume é muito importante para sua cultura. É o alimento utilizado no culto à Egungum, Exu, ogum, Xangô, Obaluaiê, Obatalá, Oogun, Amalá, Oró.

Gostou desse amarguinho cheio de personalidade e qualidades? deixe seus comentários.
Até o próximo artigo!

 

Raquel Martins
Raquel Martins
Raquel encontrou sua paixão nos campos e vive para cultivar um mundo mais verde e sustentável. Com um amor profundo pela natureza desde tenra idade, ela seguiu seu coração e mergulhou no universo da agricultura. Nascida em uma pequena comunidade rural, Raquel absorveu os ensinamentos sobre plantio, colheita e respeito pela terra desde cedo. Sua jornada na agricultura começou como um fascínio infantil que se transformou em uma carreira e uma missão de vida. Após anos de estudo e prática, Raquel se tornou uma defensora apaixonada da agricultura sustentável. Ela acredita firmemente na importância de técnicas que preservem os recursos naturais, promovam a biodiversidade e ofereçam alimentos saudáveis para todos. Raquel também é conhecida por compartilhar seu conhecimento, ministrando workshops e palestras sobre práticas agrícolas ecologicamente corretas. Sua dedicação incansável à agricultura responsável a tornou uma referência na comunidade, inspirando outros a seguirem um caminho semelhante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos Populares