Top 5 da Semana

Postagem Relacionada

Como Plantar Repolho

Este “senhor legume” é um prato muito apreciado em todas as casas do mundo afora. O repolho com toda certeza é considerado um legume mais do que versátil, um super e completo alimento. Produzido com abundância aqui no Brasil devido ao clima favorável, está mais que na hora de você saber como cultivar, como cuidar, como semear o repolho para fazer a sua horta!

Não se preocupe! No artigo de hoje, vamos te ensinar como plantar repolho no chão do quintal, em vaso de cimento, em horta, em jardim, copo de vidro, garrafa pet, plantar em árvores, terrário, casa, apartamento…. enfim, o céu é o limite!

Origem

A princípio, o repolho é um velho conhecido dos seres humanos. É nativo do mediterrâneo, sendo conhecido deste o antigo Egito. Na Grécia ele era considerado como se fosse uma iguaria

Características

Primeiramente, o repolho ou brassica oleracea, é formado de várias folhas sobrepostas que finalizam em um formato redondo, formando uma cabeça. Os tipos, espécies de repolho são o repolho chinês, roxo, liso, crespo como também o repolho de bruxelas. Aliás, ele é da mesma família da couve.

O uso do repolho na culinária pode ser cru para ser consumido como salada ou cozido, refogado. Também está disponível na forma de conserva. O repolho, como sabemos, quando cozido alem do ponto, fica posteriormente com um cheiro e sabor desagradáveis.

Isso porque durante o cozimento e liberado sulfeto de hidrogênio e como resultado, o gosto e cheiro, ficam alterados. Por isso, por mais que pareça o preparo do legume cozido exige certos cuidados.

Plantio do repolho

Este legume geralmente se adapta tanto ao frio, com variedades que suportam até -10 C como também outras variedades que se desenvolvem bem em temperaturas mais altas. Isso quer dizer que a temperatura ideal para o repolho viver varia de 10 C a 25 C. Sendo assim, existem culturas de inverno e culturas de verão.

O repolho precisa de exposição direta ao sol, principalmente durante o seu cultivo. O solo deve ser bem drenável, fértil e rico em matéria orgânica. Seu pH deve estar entre 6 e 7,5.

Cultivo do repolho

Agora vamos ao que interessa. Você vai aprender como fazer mudas de repolho com folhas, galhos, estacas ou estaquias, semente, água.

Germinação

Caso você queira fazer a germinação para dessa maneira, acelerar o processo de cultivo. Faça da seguinte maneira:

  • Primeiramente, pegue um copo de vidro e coloque água gelada
  • Em seguida, mergulhe as sementes na água e posteriormente, deixe de molho por 24 horas
  • Depois desse período, descarte as que estiverem boiado, ademais sementes, pode secar para plantar

Plantando mudas com sementes

  • A princípio, pegue uma sementeira, copo de plástico ou outro recipiente com furos no fundo para drenagem
  • Coloque terra vegetal ou orgânica
  • E enterre, de 2 a 4 sementes, de 1 a 2 cm de profundidade
  • Em seguida, cubra com terra
  • Se caso precisar, umedeça um pouco com água
  • Dentro de 7 dias sua semente já vai germinar e começar a brotar

Cultivo de mudas com o próprio repolho

É possível cultivar mudas com o próprio repolho, mas fácil que isso, impossível, não é?! Veja como fazer este cultivo:

  • Pegue o talo grosso na parte superior do repolho, com um único talo certamente você vai poder fazer novas mudinhas
  • Coloque o talo “deitado” na terra e posteriormente, enterre só até a metade
  • Logo depois, jogue um pouco de terra por cima
  • Dentro de alguns dias, o broto já aparece
  • Aliás, serão vários brotinhos para plantar consequentemente, mais de um repolho

Em vaso

  • Separe um vaso médio (10 litros) com furos no fundo para drenagem
  • Adicione a terra vegetal (com esterco curtido) ou orgânica que pode ser composta de húmus de minhoca, de areia ou vermiculita
  • Logo depois, enterre de 3 a 4 sementes com 1 cm de profundidade
  • Cubra com terra e umedeça com água se necessário
  • Os brotinhos estarão crescendo em 1 semana

Em garrafa pet

Olha que legal! É possível plantar seu repolho em garrafa pet. É importante explicar que a garrafa pet precisa ter no mínimo de 4 a 5 litros. Isso porque a muda vai ficar muito robusta, ou seja, muito grande e o recipiente não vai superar seu tamanho. Confira logo em seguida o plantio:

  • Corte a parte superior da garrafa pet
  • Em seguida, faça pequenos furos na laterais da parte inferior da garrafa como também no fundo
  • Logo depois, encha com uma porção de areia e completando com terra vegetal (com esterco curtido), deixando um dedo de distância da borda da garrafa
  • Pegue aquela mudinha pronta, aperte o recipiente para o torrão sair inteiro ou enterre a 1 cm de profundidade de 2 a 3 sementes
  • No caso da mudinha, faça uma pequena cova, acomode a muda, cubra com terra, pressione para ficar firme e molhe
  • Mas como regar? Somente borrifando para umedecer a terra. O repolho gosta de umidade mas nunca com solo encharcado de água.

Em copo de vidro

Primeiramente, este método de cultivo em copo de vidro, seria basicamente para formar a muda e posteriormente, replantar em solo definitivo:

  • Separe um copo de vidro que pode ser de qualquer tamanho ou formato
  • Em seguida, adicione uma pequena camada de areia para drenagem
  • Coloque terra vegetal e plante de 2 a 3 sementes a 1 cm de profundidade
  • Cubra com terra sem pressionar muito e enfim, regue
  • Dentro de 7 dias, o broto estará pronto para o transplante em solo definitivo

Em horta, terrário ou jardim com sementes ou mudas

Este tipo de plantio tem mais sucesso se feito com mudas. Mas também é possível fazer com as sementes:

  • As mudas precisam estar de 10 a 15 cm de altura para plantar
  • Se o solo for muito duro, revolva a terra e misture areia para ficar mais fofa como também facilitar a drenagem da terra
  • Logo em seguida, plante as sementes a uma profundidade de 1 a 2 cm
  • A germinação vai acontecer de 5 a 10 dias
  • O espaçamento entre plantas deve ser de 30 a 60 cm, isso vai depender da variedade e quanto maior o espaço entre elas, consequentemente, maiores serão as cabeças de repolho

Transplante

Descubra agora como replantar, transplantar, mudar de lugar sua muda de repolho:

  • Reserve um vaso de no mínimo 10 litros
  • Faça uma camada de argila expandida ou pedrisco
  • Logo depois, coloque uma camada de areia
  • Coloque substrato de terra vegetal misturado com húmus de minhoca, areia ou vermiculita
  • Faça uma cova e transplante sua muda
  • Cubra com terra e se necessário, molhe com água somente para umedecer

Colhendo o repolho

Uma dúvida de muitas pessoas que não sabem, por incrível que pareça, como é a vida vegetal do repolho. Então tem as seguintes perguntas: Como fazer ponilização? Como fazer florir? ou Em que época do ano que floresce?

A resposta é em nenhuma. Isso mesmo, nenhuma! Isso porque esta leguminosa não produz flores, ou seja, não precisa de polinização e nem flores para produzir. Já a época do ano que dá frutos o repolho, ou seja, sua colheita deve ocorrer 4 meses logo após sua germinação, à partir do mês de junho.

Onde comprar

Onde comprar sementes ou mudas de repolho pela internet ou loja física, pode ser nos anúncios de classificados virtuais como também em blogs sobre plantas ou também em vídeos de pessoas que tem viveiro e deixam seu contato para vender seus produtos.

Lua para o plantio

A natureza é um milagre, vemos isso através do plantio de qualquer vegetal. E a lua tem muita influência para o cultivo dar certo. A melhor lua para o plantio do repolho seria a lua cheia com toda certeza.

Como fazer arranjo

A princípio, você pode até achar engraçado mas acredite, tem como fazer arranjo de repolho! Ideal para inovar e enfeitar a mesa de jantar. Bateu a curiosidade? Então confira logo abaixo:

  • Antes de tudo, pegue um repolho grande e vire a parte do talo para baixo
  • Depois, faça um grande buraco no centro do repolho
  • Em seguida, coloque uma espuma (própria) para arranjo e corte conforme for preciso para encaixar no repolho
  • Escolha pequenas gramíneas ou folhas para espetar na espuma como por exemplo alecrim ou até mesmo galho de folhas de rosas
  • Logo depois preencha as falhas da espuma com flores naturais da sua preferência e já estará pronto

Benefícios do repolho

Esta leguminosa ou legume é um super alimento, em outras palavras, tem tudo que precisamos para nutrir nosso organismo. Ele tem vitaminas A, C e K, minerais como cálcio, fósforo, potássio como também o ferro. Além disso tem o folato, niacina, tiamina e ácido ascórbico.

Saúde intestinal

As fibras existentes no repolho equilibra os níveis de colesterol e principalmente faz a manutenção intestino, beneficiando o trânsito intestinal, certamente ajuda a prevenir o câncer de intestino.

Aparelho digestivo em ordem

Semelhantemente, as fibras presentes no legume fazem a manutenção das bactérias boas que atuam no sistema digestivo.

Sem câncer

O repolho tem antioxidantes que combatem os radicais livres que por sua vez, fazem a mutação das células transformando-as consequentemente, em câncer. O legume evita principalmente o aparecimento do câncer de mama e de próstata por conter betacaroteno.

Tem ação anti-inflamatória

A glutamina presente no repolho age como um potente anti-inflamatório. Ele reduz inflamações como artrite, alergias, irritações em geral como também febre.

Emagrece

O repolho tem muitos nutrientes e vitaminas, isto quer dizer que ele contribui e muito com a perda de peso. Isso porque possui baixas calorias e as principais substâncias para nutrir nosso organismo

Olhos saudáveis

Semelhantemente o betacaroteno age em nossos olhos, combatendo e evitando problemas como a degeneração macular e a catarata.

Cérebro com saúde

O legume repolho tem antiocianinas e alto teor de vitamina K. Esta dupla imbatível certamente combate com eficácia doenças degenerativas protegendo o cérebro de doenças como por exemplo, Mal de Alzheimer e demência.

Desintoxica

Por conter ação antioxidante o repolho desintoxica o organismo evitando doenças como pedras nos rins, doenças na pele e reumatismo.

Sem envelhecimento precoce

Os antioxidantes presentes no repolho semelhantemente atacam os radicais livres que podem provocar o envelhecimento precoce.

Ossos protegidos

Saiba que este crucífero, o repolho, tem minerais que previnem doenças ósseas como por exemplo enfraquecimento ósseo como também a osteoporose.

Pragas no repolho

Certamente o repolho infelizmente não escaparia de certos tipos de pragas. Mas existem maneiras de como acabar com as pragas, por isso, separamos aqui as principais pragas que podem atacar seu repolho e como eliminar. Dê uma olhada:

Podridão negra

Esta praga é causada por uma bactéria que age como infecção, atacando os cotilédones que ficam com os bordos escurecendo consequentemente causando queda prematura. Além disso, escurece os vasos de xilema. O sintomas são folhas amareladas, causando murcha e apodrecimento dor repolhos atacados.

Os principais cuidados para evitar como também eliminar esse tipo de praga são:

  • Cultivar sementes  e mudas sadias
  • Arar profundamente a terra logo depois da retirada dos cultivares afetados
  • Retirar ervas daninha ao redor da plantação
  • Realizar a rotação de espécies, principalmente que não sejam hospedeiras
  • Tratar as sementes antes do plantio com  hipoclorito de cálcio de 0,5% por 15 minutos em água a 50 C

Hérnia

A hérnia é causada por um fungo que forma galhas em vários tamanhos nas raízes como também na região do coleto da planta. Como resultado, as raízes apresentam fraqueza e as folhas, clorose parcial e murcha em sol intenso. Para evitar e eliminar esta praga é necessário:

  • Rotação de cultura não suscetíveis a pragas
  • Realizar calagem com pH próximo a 7,0
  • Produzir e cultivar mudas ou sementes sadias
  • O solo precisa ter uma boa drenagem
  • Materiais como também roupas usadas no manuseio da cultura devem ser limpas
  • Fazer fumegação no solo, bem como nas sementeiras ou covas

Esclerotínia

Esta doença é causada por um fungo que causa podridão no caule e posteriormente, amarelamento e secagem da parte externa das folhas do repolho. Para exterminar essa praga é preciso:

  • Limpar área onde existia repolhos infectados
  • Realizar rotação de culturas não hospedeiras ou não suscetíveis
  • Colocar no solo polietileno por 60 dias, no mínimo
  • Fazer pulverização com fungicida específico

Mofo cinzento

Semelhantemente, essa praga é causada por um fungo. Seus sintomas são apodrecimento das mudas na região do colo do repolho, consequentemente causando seca e morte da planta. O fungo deixa manchas encharcadas e escuras no colo que logo depois, estende-se para a raiz que apodrece desenvolvendo um micélio branco. Para controlar e eliminar a praga:

  • Usar sementes ou mudas sadias para o plantio
  • Manter o solo sempre bem drenado
  • Fazer aragem profunda, calagem, queima como também enterrar os restos culturais anteriormente infectados
  • Utilizar fungicidas específicos

Mancha preta

O fungo que causa essa doença deixa as folhas do repolho com manchas marrons. Ataca principalmente a cabeça do repolho, deixando o legume consequentemente, impróprio para seu consumo. Forma manchas amarelas que aumentam com o tempo conforme a doença vai avançando, terminando em necrose no caule. A eliminação consiste em:

  • Cultivar sementes ou mudas sadias
  • Tratar as plantas com iprodione em pó
  • Limpar, queimar e enterrar os restos cultivares afetados
  • Limpar ervas daninha existentes no local
  • Aplicar fungicida específico

 

 

 

Raquel Martins
Raquel Martins
Raquel encontrou sua paixão nos campos e vive para cultivar um mundo mais verde e sustentável. Com um amor profundo pela natureza desde tenra idade, ela seguiu seu coração e mergulhou no universo da agricultura. Nascida em uma pequena comunidade rural, Raquel absorveu os ensinamentos sobre plantio, colheita e respeito pela terra desde cedo. Sua jornada na agricultura começou como um fascínio infantil que se transformou em uma carreira e uma missão de vida. Após anos de estudo e prática, Raquel se tornou uma defensora apaixonada da agricultura sustentável. Ela acredita firmemente na importância de técnicas que preservem os recursos naturais, promovam a biodiversidade e ofereçam alimentos saudáveis para todos. Raquel também é conhecida por compartilhar seu conhecimento, ministrando workshops e palestras sobre práticas agrícolas ecologicamente corretas. Sua dedicação incansável à agricultura responsável a tornou uma referência na comunidade, inspirando outros a seguirem um caminho semelhante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos Populares