Top 5 da Semana

Postagem Relacionada

Como Plantar Suculentas

A princípio, a flor tem o aspecto parecido com o cacto mas sem espinhos. Com formas e tamanhos diferentes, tem sido a sensação para ornamento de jardins e enfeites dentro de casa.

Neste artigo, você vai aprender como montar um vaso de suculenta e cactos e além disso, vai conhecer as particularidades dessa linda planta como cultivar e cuidar.

Origem

As suculentas vieram da África e por conseguinte, se espalharam para o mundo inteiro. Hoje existem vários tipos de suculentas num total de 27 mil espécies. Entretanto, existem as mais conhecidas aqui no Brasil que são a Echeveria ou Rosa da pedra, Planta fantasma, Colar de pérolas, Dedo de moça ou Rabo de burro, Zebra, Orelha de shrek como também a Sedum carnicolor.

Características

Primeiramente é preciso saber que suculenta é toda a planta, incluindo os cactos, que possuem caules, raízes ou folhas engrossadas para armazenamento de água. Esta forma de adaptação dessa espécie, lhe permite ter reserva de água por períodos prolongados, principalmente em tempos de seca e longa estiagem.

A temperatura ideal para a suculenta viver vai depender certamente da espécie que você escolheu. Existem variedades que gostam de 20º a 30º enquanto que outras até 20º sem exposição plena ao sol.

Ela precisa de clima quente embora sua maioria goste de sol, algumas espécies da suculenta não se adaptam a ficar diretamente no sol. Sendo assim, deixe em lugar com bastante iluminação ou deixe por algumas horas e depois recolha a planta. Surpreendentemente, elas não são cultivadas com sementes e sim com folhas soltas na superfície da terra.

Com plantar suculenta

Tem como plantar suculenta no chão do quintal, em vaso de cimento, em horta, em jardim, copo de vidro, garrafa pet, plantar em árvores, terrário e assim por diante. Enfim, plantando bem, tudo dá! Confira logo abaixo:

Em vasos

  • Como as suculentas não gostam de muita água é bom fazer um filtro feito de pedra brita e logo em seguida, adicione musgo para uma melhor drenagem e além disso, vai evitar que a raiz apodreça ou tenha fungos
  • Em seguida, coloque terra com matéria orgânica
  • Para adubar naturalmente, coloque junto desse substrato pó de ovo, é só triturar cascas de ovos.
  • Neste tipo de plantio, basta colocar a folhinha da suculenta na terra, sem enterrá-la
  • Deixe 7 dias sem irrigar
  • Logo depois, pode molhar de 1 a 3 vezes durante a semana, somente borrifando levemente
  • É preciso ter paciência pois ela demora para brotar

Com sementes

  • Separe um recipiente com furos no fundo para drenagem
  • Em seguida, adicione posteriormente misturado neste recipiente, uma parte de terra, uma parte de areia lavada como também uma parte em pedrinhas de jardim
  • Logo depois, enterre um pouquinho a semente e jogue uma camada de terra peneirada por cima
  • Irrigue levemente com um borrifador

Como mudar de lugar

Para replantar, transplantar, mudar de lugar a muda da sua suculenta, espere aparecer o broto, crescer um pouco para se fortalecer, então, já será a hora:

  • Primeiramente, separe um vaso da sua preferência pequeno, médio ou grande, isso porque vai depender da variedade da sua suculenta. Ele deve ter furos no fundo para uma boa drenagem
  • Logo depois, prepare um substrato feito de terra com material orgânico, areia lavada e fibra de coco moída
  • No vaso onde irá transplantar a flor, coloque uma camada de argila
  • Em seguida, acrescente o substrato preparado
  • Pegue o vaso com a sua mudinha e vire de cabeça para baixo e chacoalhe com cuidado até a muda e terra saírem
  • Coloque a suculenta nesse novo vaso
  • Certifique-se que ela está bem acomodada no vaso
  • Cubra com o substrato, cuidando para não cobrir as folhas
  • Bata os lados externos do vaso para a terra se acomodar bem
  • Então, coloque uma camada de pedrinhas brancas e areia, é bom para decorar e além disso, ajuda a água não evaporar tão rápido
  • A partir de então, regue de duas a três vezes ao dia, cuidando para não encharcar

Suculentas coloridas

Aqui você vai aprender como fazer mudas de suculenta  colorida com folhas, galhos, estacas ou estaquias, semente… ufa! E também como fazer o arranjo natural no vaso.  Primeiramente, saiba que o processo de “colorimento” das flores consiste em estressar as plantas e enfim, mudar sua cor naturalmente. A flor te uma substância chamada antocianina, é através dessa substância que a flor fica colorida.

  • Com a sua muda já pronta com os cuidados necessários, deixe ela em exposição ao sol por quatro horas
  • Não regue a planta, a não ser a terra esteja muito seca
  • Adicione também quelado de magnésio nas lojas de jardinagem, no momento em que você borrifar o produto, de 2 a 3 semanas, vai estimular sua suculenta a colorir o mais rápido possível.
  • Também utilize um substrato pobre em nutrientes somente uma vez ao ano.

Plantando mini suculentas

Antes de tudo, separe os materiais que você vai precisar, são eles: terra, areia, argila como também pedrinhas para jardinagem.

  • Escolha um recipiente com furos no fundo para facilitar a drenagem da planta
  • Em uma bacia, coloque a terra, areia e posteriormente, as pedrinhas e misture bem
  • Em seguida, adicione no vaso ou outro recipiente, uma camada de argila e o subtrato que você misturou logo depois
  • Enterre as sementes ou a muda que você comprou e jogue uma camada de terra em cima

Cuide bem delas

Confira agora mini suculentas como cuidar delas que precisam de um mimo a mais por serem tão delicadas:

  • Regue uma vez por semana ou cada 15 dias
  • Faça a irrigação cuidando para não encharcar a terra ou molhar as folhas
  • A exposição ao sol de maneira moderada e retire nos horários mais quentes

Terrário

O terrário ou jardim em miniatura combina muito com as suculentas e vai deixar sua casa com um enfeite todo especial. Veja agora como montar um terrário de suculentas:

Primeiramente, separe os itens que você vai precisar para montar seu lindo terrário :

  • Pedriscos ou pedrinhas de jardim
  • Substrato ou terra simples
  • Carvão vegetal
  • Logo depois, as lindas suculentas
  • Areia
  • Recipiente de vidro, um aquário redondo seria ideal como também um pote de conserva ou de doces, contanto que seja de vidro
  • Enfeites a sua escolha. Podem ser musgos, mini cercas, roda d’água, pedrinhas coloridas e ademais adornos.
  • Água
  • Borrifador

Com todos os materiais em mãos, você também vai aprender como plantar sua suculenta no terrário e como podar quando necessário. Então, vamos à ação:

  • Coloque no fundo do vidro uma camada de pedriscos podem ser coloridas porém, deve irrigar pouco sua suculenta, apesar de ter os pedriscos para drenar, encharcar sua flor constantemente, pode posteriormente, apodrecê-la
  • Logo após, acrescente uma camada de carvão vegetal que estão a venda em pó ou em pequenos pedaços. A função desse carvão é evitar a proliferação de fungos
  • Em seguida, deixe sua muda de suculenta sem o torrão, com suas raízes à mostra. Se as raízes estiverem muito compridas corte-as com a finalidade de deixar a flor bem acomodada, isso não irá prejudica-la
  • Misture a terra com a areia
  • Semelhantemente faça a mesma mistura e coloque no terrário
  • Acomode a suculenta no terrário e despeje com cuidado para não enterrar as folhas com o substrato misturado anteriormente
  • Logo depois, firme com os dedos as suculentas na terra
  • Enfim, borrife com água e está pronto seu terrário

Suculenta no tronco

Sabia que é possível plantar a suculenta em lindos troncos? Basta você comprar um em lojas de jardinagem especializadas ou até um que você tenha ou por acaso saiba ou local onde tem. Com seu tronco em mãos, encha de substrato com areia lavada, terra e pedriscos.

Logo depois, acomode sua muda de suculenta, borrife com água somente para umedecer e pronto! Em breve você vai ver seu tronco com uma linda suculenta enfeitando.

Flores

As suculentas não são feitas somente de folhas, se a sua não floriu ainda, tem alguma coisa errada. A pergunta é como fazer florir minha suculenta? Primeiramente, quando esta flor começa a não brotar para florescer pode ser porque está fazendo o processo de estolamento.

O estolamento é quando a planta busca pelo sol e não pela claridade, isto é, ela precisa do sol para florescer e não somente luz. Provavelmente, sua flor deve ter crescido um pouco e com espinhos e folhas amarelas por exemplo. Essa é a prova clara de que ela precisa de sol para brotar flores!

Aliás, não é necessário chegar a esse ponto. Sempre deixe suas suculentas ao sol, elas agradecem! Geralmente as suculentas costumam florescer na primavera.

Dedo de moça

Este suculenta veio da América do norte e consequentemente, seu clima para cultivo é quente como o México. Esta espécie, a Sedum morganianum, tem duas variedades que são a com forma afunilada,  lembrando bananinhas como também tem a Seda burrito cujas folhas são suculentas, com pontas arredondadas.

Elas ficam pendentes pois o crescimento do seu caule é mais apressado que ademais suculentas. Precisa sempre do sol e assim sendo, se a pessoa mora em apartamento, é bom deixar sua flor rente a janela ensolarada.  Confira agora suculenta dedo de moça como cuidar para sua plantinha sempre estar feliz e sorridente:

  • Apesar de resistente, a suculenta dedo de moça, tem sensibilidade em suas folhas de tal forma que elas caem ao menor toque ou esbarrão. Não há muito o que fazer nesse caso, a não ser, ficar bem distante dela. Mas para o caso de broto, é excelente, pois somente o fato de deixar as folhas na terra, fazem surgir um novo broto logo depois.
  • Esta suculenta também pode ser cultivada à partir de estacas, dá um pouco mais de trabalho, mas vale a pena.
  • Sempre regue o substrato do vaso espaçadamente. Somente molhe quando o solo certamente estiver seco.
  • Para estimular a floração da dedo de moça, aplique fertilizante NPK rico em fósforo.
  • A dedo de moça ganha grandes proporções a medida que cresce, por isso, esteja atento(a) se for necessário mudar a planta de vaso.

Suculenta orelha de shrek

O nome dessa suculenta é um barato e tem tudo a ver com seu aspecto: realmente parece a orelha do personagem Shrek! Veja agora informações como também aprenda a fazer muda de orelha de shrek:

Ela veio da África do sul e seu aspecto é em forma de mini tubos avermelhados nas pontas. Suas flores são pequeninas, em forma de estrelas na cor branca como também rosa com seus estames rosados.

  • Você pode separar um vaso de barro, de plástico ou de outro material desde que tenha furos no fundo para drenagem. O conselho é deixar ela por uns dias no recipiente da muda trazida da loja de jardinagem, pois assim, as folhas não vão amarelar pela mudança brusca de ambiente.
  • Em seguida, forre o recipiente escolhido para replantar a muda com substrato de areia e terra vegetal
  • Acomode sua muda no recipiente, firme bem na terra e regue com um borrifador
  • Faça irrigações espaçadas principalmente em climas mais frios

Arranjo de suculentas

Se uma suculenta é linda e traz sofisticação e brilho a nossa casa ou jardim, quem dirá presentear alguém muito querido com um enfeite especial feita com elas. Abaixo estão as dicas de como fazer arranjos de suculentas para sua casa ou para dar de presente:

  • Você vai precisar de 2 rolos de arame macio para criar o arranjo
  • Primeiramente, pegue um vaso de preferência grande com um furo no meio
  • Logo depois, coloque ele de cabeça para baixo e passe o arame no furo do vaso de tal maneira que fique enganchado
  • Vai trabalhando no arame fazendo várias alças ao redor da circunferência do vaso, como se fossem gomos nas laterais
  • Vai passando pelo meio do “ninho” de um lado para o outro, quanto mais volume e mais “massarocado” melhor.
  • Já com a sua base de arame pronta, coloque uma boa camada de barba de velho nas laterais da base. Você encontra este item em lojas de jardinagem.
  • Em seguida, coloque um saquinho de plástico preto em cima
  • O próximo passo é colocar o substrato que pode ser um próprio para suculentas e cactos que você compra pela internet ou loja física.
  • Coloque só um pouquinho, espalhando bem
  • Logo após, faça um pequeno furo no fundo para drenar
  • Também tem a opção de colocar um pequeno tronco de árvore para enfeitar
  • Retire a planta com cuidado, puxando somente o vaso de tal forma que o torrão saia inteiro pare depois retirar as laterais com os dedos
  • Acomode a flor e coloque mais um pouco de substrato principalmente aos poucos para ter espaço para trabalhar na base
  • Coloque mais duas suculentas de uma cor diferente da primeira para realçar o todo
  • E para encerrar, coloque uma suculenta ou cacto globoso, acrescente substrato e enfim, está pronto seu arranjo

Pragas que prejudicam a suculenta

A suculenta apesar de todos os cuidados, também sofrem com alguns tipos de pragas. Esses bichinhos são oportunistas e sem dó e piedade, destroem as plantas. Conheça agora quais são as que aterrorizam a suculenta e como acabar com as pragas:

Colchonilhas

As colchonilhas se alimentam seiva da planta. Os sintomas são manchas nas folhas e consequentemente murcha das mesmas. Sendo assim, a solução é aplicar pulverização com inseticida específico.

Fungos

Os fungos são os responsáveis pelo apodrecimento da planta. Eles tomam conta da flor, formando manchas pretas como também amareladas, causando odor forte. O Jeito infelizmente é eliminar a flor ou tentar salvar as partes saudáveis que posteriormente restaram.

Você também pode aprender mais a como plantar suculenta clicando aqui

Raquel Martins
Raquel Martins
Raquel encontrou sua paixão nos campos e vive para cultivar um mundo mais verde e sustentável. Com um amor profundo pela natureza desde tenra idade, ela seguiu seu coração e mergulhou no universo da agricultura. Nascida em uma pequena comunidade rural, Raquel absorveu os ensinamentos sobre plantio, colheita e respeito pela terra desde cedo. Sua jornada na agricultura começou como um fascínio infantil que se transformou em uma carreira e uma missão de vida. Após anos de estudo e prática, Raquel se tornou uma defensora apaixonada da agricultura sustentável. Ela acredita firmemente na importância de técnicas que preservem os recursos naturais, promovam a biodiversidade e ofereçam alimentos saudáveis para todos. Raquel também é conhecida por compartilhar seu conhecimento, ministrando workshops e palestras sobre práticas agrícolas ecologicamente corretas. Sua dedicação incansável à agricultura responsável a tornou uma referência na comunidade, inspirando outros a seguirem um caminho semelhante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos Populares