Top 5 da Semana

Postagem Relacionada

Como plantar amaranto

O amaranto é uma flor linda mas pouco conhecida em algumas regiões do Brasil. Ela é tão versátil que serve para decoração e alimentação. Por isso, vamos mostrar tudo sobre esta flor exótica, de cores tão vívidas e além disso, você vai aprender como plantar amaranto.

Origem

O amaranto ou amaranthus teve sua origem no México, através dos maias. Logo depois foi cultivada em larga escala na Guatelama e Peru e depois se espalhou pelas Américas. Hoje também são produzidas na Índia, Nepal e China.

Características do amaranto

A flor amaranto também é chamada de caruru ou bredo. A princípio, existem 70 espécies da planta, sendo que 40 vieram das Américas e 17 variedades possuem as folhas comestíveis. Infelizmente, em muitos lugares, ela é considerada uma erva daninha isso porque sua reprodução é muito bem sucedida, alastrando-se com facilidade e tomando conta de regiões inteiras.

Algumas espécies da flor são cultivadas somente para utilização das sementes enquanto que algumas espécies servem como alimentos que são preparadas cozidas, refogadas e além disso suas folhas novas são consumidas cruas.

Mas outras variedades são usadas somente como ornamento para jardins. As espécies que são para produção de sementes são o Amaranthus caudatus, cruentus e hypochondriacus.

Plantio da amaranto

O amaranto é uma planta que se desenvolve em clima tropical e subtropical, geralmente em temperatura entre 22ºC e 30ºC. Precisa de exposição direta ao sol, pelo menos algumas horas do dia. O solo precisa ser bem drenado, fértil, rico em matéria orgânica como também com o pH entre 5,5 e 7.

Como é uma planta muito adaptável, tolera solos encharcados e com sal acima do aceitável por um curto período de tempo. Todavia, a irrigação correta consiste em irrigar o solo somente a ponto de umedecer e não encharcar.

Como plantar amaranto em vasos ou horta

Em vasos

  • Pegue um vaso pequeno, copos de plástico ou outro recipiente, desde que tenha furos no fundo para a drenagem
  • Na sequência, encha com terra rica em matéria orgânica e lance as sementes por cima
  • Logo depois, cubra com uma fina camada de terra, sem enterrar as sementes
  • Quando os brotinhos estiverem de 5 a 10 cm de comprimento, já podem ser transplantadas para o local definitivo
  • Antes de tudo, verifique a variedade da flor, pois algumas crescem muito, sendo impossível mantê-las em vasos.

Em hortas

  • Com o solo já preparado com matéria orgânica, lance as sementes sem enterrá-las
  • Em seguida, cubra com uma fina camada de terra e irrigue com cuidado somente para umedecer a terra
  • No caso de mudas, faça a cova de tal maneira que elas fiquem acomodadas com um pouco de folga
  • O espaçamento entre linha é de 75 cm  a 1 metro e entre plantas de 20 a 60 cm.

Como adubar o amaranto

O amaranto não precisa de adubagem mas os cuidados necessário que você precisa ter com ela são:

  • Arranque e retire do local plantas que queiram concorrer com os recursos e nutrientes do solo. Isso somente quando a flor é jovem, pois depois, ela se defende muito bem.
  • Evite usar adubos ricos em nitrogênio
  • Cuidado com o avanço da plantação, pois o amaranto é de natureza invasora, tomando o espaço de outras culturas.

Quanto tempo demora para colher o amaranto?

A coleta das sementes pode ser feita de 80 a 90 dias após o plantio. A colheita das flores e pontas dos ramos é de 55 a 70 dias após o plantio.

Benefícios do amaranto

O amaranto é um pseudo cereal, ou seja, não é um grão de cereal como por exemplo o trigo ou aveia, mas tem nutrientes que são semelhantemente iguais. Seu sabor lembra  terra e nozes. Tem inúmeras vitaminas, sais minerais e nutrientes.

Muitas proteínas

A flor tem um alto teor de proteínas que posteriormente o corpo quebra, transformando em aminoácidos que se tornam aproveitáveis pelo nosso organismo. A proteína é essencial para a criação de novas células e tecidos do nosso corpo bem como é responsável pelo nosso crescimento.

Ossos saudáveis

O amaranto tem surpreendentemente, um alto teor de cálcio, sendo que isso é difícil ter em vegetais. Sendo assim, é uma fonte de saúde para o fortalecimento dos ossos evitando doenças degenerativas como a osteoporose.

Sistema digestivo forte

O estômago ganha saúde com esta flor. Isso porque o amaranto tem fibras que auxiliam na digestão e além disso, ajudam no bom trânsito do bolo fecal no intestino.

Sem glúten

As sementes do amaranto podem ser consumidas por pessoas que sofrem de tolerância ao glúten porque obviamente não possui essa substância em suas estruturas.

Sem varizes

O amaranto tem a vitamina C e flavonoides que impedem o aparecimento de varizes. A flor tem substâncias que fortalecem os vasos sanguíneos, fortalecendo com toda certeza as paredes capilares, evitando o aparecimento desse incômodo doloroso. Isso porque a vitamina C, produz o colágeno que serve para  fortalecimento.

Equilibra do colesterol

O amaranto tem compostos que equilibram os níveis de colesterol no sangue.

Combate a inflamação

Esta flor tem antioxidantes que além de fortalecer nosso sistema imunológico também combatem com eficácia inflamações e até infecções.

Sendo assim, o amaranto com toda a certeza previne e também ameniza inflamações crônica como a artrite, artrose como também tendinites. Aliás, esses oxidantes presentes na planta também combatem os radicais livres que causam o câncer.

Boa visão

O amaranto tem um nível importante de carotenoides como também de vitamina A. Essas substâncias encontradas nas folhas da planta são estimulantes para a saúde dos olhos. Isso porque esses antioxidantes previnem com sucesso a degeneração macular e não apenas isso como também previne a catarata.

Saúde para o bebê durante gestação

Esta flor tem o folato, um mineral muito importante para o desenvolvimento do tubo neural que é responsável pelo desenvolvimento cerebral e do sistema nervoso do bebê.

Pragas que prejudicam o amaranto

Aqui o amaranto leva vantagem: ela não tem pragas que atacam, pelo contrário, ela é a erva daninha capaz de “roubar” os nutrientes no solo, prejudicando outras plantas.

Quando não consumir amaranto

O amaranto pode ter muito nitrato acumulado em flores e folhas, isso é prejudicial de tal forma que podem matar bovinos e animais ruminantes que se alimentarem dela nessas condições.

Raquel Martins
Raquel Martins
Raquel encontrou sua paixão nos campos e vive para cultivar um mundo mais verde e sustentável. Com um amor profundo pela natureza desde tenra idade, ela seguiu seu coração e mergulhou no universo da agricultura. Nascida em uma pequena comunidade rural, Raquel absorveu os ensinamentos sobre plantio, colheita e respeito pela terra desde cedo. Sua jornada na agricultura começou como um fascínio infantil que se transformou em uma carreira e uma missão de vida. Após anos de estudo e prática, Raquel se tornou uma defensora apaixonada da agricultura sustentável. Ela acredita firmemente na importância de técnicas que preservem os recursos naturais, promovam a biodiversidade e ofereçam alimentos saudáveis para todos. Raquel também é conhecida por compartilhar seu conhecimento, ministrando workshops e palestras sobre práticas agrícolas ecologicamente corretas. Sua dedicação incansável à agricultura responsável a tornou uma referência na comunidade, inspirando outros a seguirem um caminho semelhante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos Populares